O que você vai ser quando você crescer?

Médico, Bombeiro, Professora ou Bailarina. São diversas as profissões que fascinam as crianças e as fazem sonhar com um futuro feliz. Enquanto elas estudam para seguir o caminho que desejam, elas contaram para a equipe do Jornal Vicentino o que pretendem ser quando adultos.
Veja na matéria

Elas ainda são novinhas, tem muito ainda o que estudar, aprender e brincar. Mesmo assim tem na ponta da língua a profissão que pretendem seguir quando crescer. Professores, bombeiros, policiais, médicos, são muitos os trabalhos que fascinam essas crianças e fazem com que sonhem em um futuro feliz.
Os exemplos vêm de muitos lugares. Algumas querem ser como seus pais, outras que  nem seus tios, ou simplesmente, se apaixonaram por uma atividade que viram na rua ou em algum programa de televisão. A única coisa que todas as crianças sabem é que qualquer que seja o caminho que desejam seguir, precisam estudar, e muito.
Se elas vão mudar de opinião mais para frente, esse não é o problema. O mais gostoso é poder ouvir delas o que elas desejam ser, porque nessa idade, elas estão despreocupadas com dinheiro ou status, e sim com o que vai torná-las realmente feliz.
Por esse motivo, a equipe do Jornal Vicentino participou da comemoração de Dia das Crianças da Escola Municipal Raquel de Castro e perguntou para alguns alunos o que eles querem ser no futuro. Confira as respostas:
O pequeno Leonardo Carramão da Silva, que mora no Parque Bitaru, já sabe bem o quer ser: polícia florestal. “Gosto muito de animais e quero cuidar deles”, explica Leonardo. Para isso, ele já explica que terá que fazer diversos cursos e está pronto para encarar essa jornada.
“Quero ser médico”, diz Vitor da Lapa dos Reis, de 9 anos. “Sempre quis ser médico mas gostei mais depois de assistir alguns programas de televisão”, justifica. Vitor sabe que para chegar lá é necessário muito esforço e dedicação. “Sei que tem que estudar muito e estou estudando para isso”.
Isabele Fernandes da Silva, que tem 8 anos, tem na ponta da língua sua profissão favorita. “Vou ser veterinária”, diz. Ela já até treina para isso. “Gosto muito de animais. Tenho quatro cachorros na minha casa e cuido de todos”, explica. A intenção dela quando crescer é cuidar além do dela, dos animais de todo mundo.
Para Beatriz dos Santos Ferreira, de 9 anos, a escolha da sua profissão no futuro veio das brincadeiras com as amigas. “Gosto muito de brincar de escola e eu sempre dou a aula. Quero ser professora”, afirma. Ela diz que tem bastante paciência para explicar e que não tem uma matéria preferida, quer dar aula de todas as matérias.
“Pretendo ser professora de ballet”, diz a pequena Laís da Silva Telles, de 9 anos. Ela já frequenta aulas em uma unidade do Centro Educacional e Recreativo, perto de sua casa, e está se preparando para sua primeira apresentação. “Gosto muito de dançar, quero dançar e ser bailarina sempre”.
Outra que pretende ser professora é Letícia Tomas Gama, de 8 anos. “Acho muito legal. Gosto muito de brincar de ser professora”, conta. A matéria que quer ensinar é matemática e ela diz que já tem um exemplo que quer seguir. “Quero ser como minha professora Elza, ela é muito legal e ensina muito bem”.
Antes de definir o que quer ser quando crescer, Jaqueline Mendes Silva, de 8 anos, já diz o que pretender ser antes de tudo. “Uma grande mulher”. Como profissão ela quer trabalhar com computadores. “Não tenho ainda em casa, mas sempre vou na lan-house mexer, gosto muito disso e quero trabalhar com isso”.
Taina dos Santos Batista, de 7 anos, quer ser professora, mas não daquelas bravas, mas sim bem bacana. “Brinco sempre com minhas amigas e com minhas irmãs”, diz. A matéria preferida é Ciências e a vontade é ensinar bem e ser bem carinhosa com os alunos como sua professora Meire, diz.
O exemplo e a vontade de cuidar dos outros, Luiz Gustavo Peixoto de Almeida, de 7 anos, puxou de sua mãe. Por isso ele quer ser médico. “Gosto muito dessa profissão”, conta o pequeno. Luiz Gustavo diz que sabe que precisa estudar muito e garante ser um bom aluno  e prestar muita atenção nas aulas.
Quem quer brilhar jogando futebol é Cauã Silva de Santana, de 9 anos. “Jogo sempre na rua com os meus amigos. Gosto de ser goleiro”, conta. O time que pretender defender quando crescer é o Santos e o seu ídolo não poderia deixar de ser o goleiro Fábio Costa. “Quero jogar bem que nem ele”.
Rubens de Oliveira Júnior, de 7 anos, também já tem na ponta da língua sua profissão: “quero ser policial”. Rubens conta que já viu o trabalho da polícia. “Já vi e também quero proteger as pessoas”.
Já seu irmão, Alexandre de Oliveira, de 9 anos, quer poder salvar as pessoas. “Vou ser bombeiro”, afirma. Ele conta que é corajoso, não tem medo das situações de perigo e vai ser um ótimo bombeiro.

Obs:
Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente o ponto de vista da Editora, podendo até mesmo ser.


  1. 3 Comentários para “O que você vai ser quando você crescer?”

  2. Eu adoro animais, por isso, quero ser veterinária, para poder ter mais contacto com os aniais, cães, gatos, coelhos, etc.Bye-bye!!!…

    Por Estrelinha em jun 2, 2008

  3. Ola eu me chamo victoria quando eu tenho 8 anos,quando eu crescer quero ser medica quero ser cirurgião , sou de CABO FRIO mas nasci em Paris a cidade dos petrfumes e das compras claro gosto de la e amo o frio mais aqui tenho mais amigos que la mas eu gosto de la.

    Por Victoria Jacqueline Busquet em nov 4, 2009

  4. ola eu sou a letícia,eu tenho 9 anos,eu moro em brasilia e nasci aqui tambem,quando eu crescer eu quero ser veterinaria.
    dez de pequenininha que eu quero ser veterinaria.

    Por letícia em jan 11, 2010

Coloque um Comentário